Namoro no carro…

Imagem

Maria está no carro com o namorado Ricardo Joaquim, num namoro desenfreado…
Beijo pra lá, beijo pra cá e às tantas…
– Não quer ir para o banco de trás? (diz ele visivelmente excitado)
– Para o banco de trás? Não.
Bom, o namoro continua, mais beijo, mais aperto, mais amasso e…
– Não quer mesmo ir para o banco de trás? (diz ele ainda com mais vontade)
– Não, não quero.
O pobre rapaz já meio desnorteado, continua no beija-beija, esfrega-esfrega até que…
– Tem certeza de que não quer ir para o banco de trás? (já desesperado).
– Mas que coisa! Já te disse que não! Claro que não!
Desesperadíssimo ele pergunta:
– Mas por quê?
– Porque prefiro ficar aqui, perto de você.

Sinceridade feminina…

Imagem

O rapaz com toda a emoção do mundo diz à namorada:
– Posso não ser rico, não ter dinheiro, apartamentos de luxo, carros importados ou empresas como o meu amigo Carlos Eduardo, mas te amo muito, te adoro.
A garota o olhou com lágrimas saindo dos olhos, abraçou-o como se não existisse o amanhã, e disse bem baixinho no seu ouvido:
– Se você me ama de verdade, me apresenta pro seu amigo Carlos Eduardo.

O namoro do viúvo…

Imagem

O viúvo rico, já de certa idade, decide arrumar uma namorada. E ele consegue! Conquista uma loira de 21 anos, turbinada, uma delícia de mulher..
Tudo que a gostosa pedia, o namoradão fazia. Roupas, celular, enfeites e o maior presente de todos: um carro novinho em folha!
Quando viu o carro, a loira exclamou surpresa:
– Nossa, amor! Que maravilha… Mas… Mas…
– Pode falar, chuchu…
– Você acha que eu não estou sendo muito cara pra você, mozinho?
Então, o namoradão responde:
– Ah, meu bem… Na minha idade eu só tinha duas escolhas: a cara ou a coroa!