O gato valente…

Imagem

Em um frio dia de inverno, chega Joaquim no armazém do Manuel.

– Manuel, quero uma dessas bolsas de borracha que você coloca água quente e que serve para esquentar a cama e manter os pés quentinhos.

– Que azar, Joaquim; hoje de manhã vendi a última para Maria.

– E o que eu faço com esse frio do diabo que faz à noite?

– Fique tranquilo, eu posso lhe emprestar meu gato.

– Seu gato?

– Meu gato é gordinho, você pode colocar nos pés na hora de deitar, e você vai ver como ele vai te esquentar a noite toda. Na próxima terça-feira chegam as bolsas, aí você vem pegar uma e me devolve o gato.

– Tudo bem. Obrigado.

Joaquim pega o gato e vai embora pra casa. No dia seguinte, volta com a cara toda desfigurada e arranhada pelo gato.

– Manuel, vim devolver esse seu gato de merda! Olha como ele me deixou, esse filho da p%$@!

– Mas como? O que aconteceu? Ele é tão manso!

– Manso? Uma ova! O funil no rabo até que ele aguentou bem, mas quando comecei a jogar a água quente, aí virou uma fera!

Curso de pai de santo…

Imagem

O cara ficou curioso ao saber que seu melhor amigo, Joaquim, estava fazendo um curso para pai-de-santo.

Ao encontrá-lo no final de semana foi a primeira coisa que perguntou:

– Ô Joaquim, me contaram que você está fazendo um curso para pai-de-santo, cara. É verdade?

– É, pois, é verdade – responde o amigo.

– E por que você está fazendo isso? – pergunta o outro.

Joaquim, compenetrado, responde:

– É que me disseram que eu preciso tirar o caboclo que vive em cima da minha mulher!

Óculos mágicos…

Imagem

O português foi pro Japão e comprou um par de óculos cheio de tecnologia que mostrava as pessoas sem roupas.

Manuel coloca os óculos e começa a ver todas as mulheres peladas e se encanta!

Poe os óculos, peladas! Tira os óculos, vestidas! Que maravilha! Ai Jesus!]

E assim foi Manoel para Portugal, louco para mostrar a novidade para a mulher (Maria).

No avião, se sente o máximo vendo as aeromoças todas peladas.

Quando chega em casa, já coloca os óculos para pegar Maria pelada.

Abre a porta e vê Maria e o Compadre no sofá pelados.

Tira o óculos, pelados!

Poe os óculos, pelados! Tira, pelados! Poe, pelados!

Aí Manuel diz:

– Raios! Essa merda já quebrou…

A descoberta…

Imagem

Numa sessão de terapia em grupo, quatro pacientes estão reunidos.

O terapeuta pede que se apresentem e digam qual é sua atividade e comentem porque a exercem.

O primeiro diz:

– Me chamo Francisco, sou médico porque me agrada tratar da saúde e cuidar das pessoas.

O segundo se apresenta:

– Me chamo Ângelo. Sou arquiteto porque me preocupa a qualidade de vida das pessoas e como vivem.

A terceira fala:

– Me chamo Maria e sou lésbica. Sou lésbica porque adoro peitos e bundas femininas e fico louca só de pensar em fazer sexo com mulheres.

O quarto então diz:

– Sou Manuel Joaquim e até uns minutos atrás eu achava que era pedreiro, mas acabo de discubrire que sou é lésbica…

A toalha e o orgasmo…

Imagem

Um português mais velho e uma garota estão apaixonados e se casam. Mas por mais que o marido se empenhe, a sua mulher nunca consegue um orgasmo!
Eles resolvem procurar um terapeuta sexual. Este ouve atentamente e acaba dando uma sugestão:
– Contrate um desses garotos de programa e enquanto vocês estiverem fazendo amor, peçam-lhe que fique pelado balançando uma toalha sobre vocês, sempre à vista de sua esposa. Isto deve ajudá-la a fantasiar, o que deverá levá-la a vários orgasmos.
Eles voltam para casa e seguem os conselhos do terapeuta.
Contratam um rapaz jovem e bonito que fica pelado abanando entusiasticamente a toalha enquanto o casal transa.
Mas, por mais que tentem, não dá resultado o belo visual pelado, motivo pelo qual o casal volta ao terapeuta, que sugere:
– Vamos tentar o inverso para ver se o problema é físico… Hoje, deixe o rapaz transar com sua esposa e o senhor fica abanando os dois com a toalha.
Mais uma vez o casal segue o conselho do terapeuta.
Contratam o mesmo rapaz que deita na cama com a mulher, ficando o marido com a toalha. O garoto de programa é realmente muito bom e a mulher grita de prazer, conseguindo múltiplos orgasmos.
Com um sorriso de satisfação, o português dá um tapinha nas costas do rapaz que está sobre a mulher e diz triunfante:
– Tá vendo, gajo, como se sacode uma toalha?!

Viúva portuguesa…

Imagem

Uma viúva estava desesperada para tirar o atraso e resolve ir a uma sexóloga que a aconselha a comprar um “brinquedinho” para acalmar os ânimos.
Ela vai então ao sex shop e compra o dito cujo. Mas, como não tinha nenhuma experiência, pergunta ao balconista:
– Como é que eu uso esse negócio?
O balconista todo solícito responde:
– É fácil! Faça como se fosse o “documento” do seu marido. É igualzinho…
No dia seguinte ela volta ao sex shop chorando:
– Isto não funciona. Foi uma catástrofe…
– Mas por quê? – pergunta o balconista.
– Eu fiz como se fosse meu marido e o resultado é que eu quebrei todos meus dentes da frente…

Sexo à portuguesa…

Imagem

Manoel conheceu Maria num bar e começou a pagar umas bebidas para ela.
Como estavam se entendo bem, não demorou muito até que Manoel sugerisse que fossem até seu apartamento para umas tarefas “extra-curriculares”.
Também não demorou muito para que fossem para a cama fazer sexo de uma forma apaixonada.
Durante o ato, Manoel reparou que os dedos dos pés de Maria se encolhiam cada vez que ele entrava e saía…
Quando acabaram ele se deitou na cama ao lado de Maria e disse:
– Devo ter sido realmente muito bom esta noite, pois reparei que os dedos dos teus pés se encolhiam cada vez que eu entrava e saía de ti.
Maria olhou para ele, sorriu e disse:
– Isso normalmente acontece quando alguém se esquece de me tirar a meia-calça.

O cruzeiro do português…

Imagem

Um sujeito convidou um amigo para um cruzeiro pelas ilhas gregas.
– Olha, pá! Este cruzeiro vai cheio de mulheres boas. E nós somos os únicos homens! É melhor ires abastecer-te ali à farmácia.
O amigo foi à farmácia e quando voltou disse:
– Pronto. Já fui! comprei um preservativo e um comprimido para enjôo!
– Só um? – perguntou o outro
– Aquilo vai estar cheio de mulheres boas! E olha que são quinze dias!
O amigo voltou à farmácia e pediu a mesma dose. Voltou e disse:
– Já está! Comprei mais um preservativo e outro comprimido!
– Tu és parvo, ou quê? Isso não dá pra nada! Vão ser 15 dias no meio de mulheres boas!
O amigo voltou à farmácia e pediu mais um preservativo e um comprimido para o enjôo. O farmacêutico não se conteve e perguntou:
– Desculpe, eu sei que não tenho nada com isso… Mas se você enjoa, porque é que insiste?

Aventura luzitana em Manaus…

Imagem

Um português estava no hotel em Manaus, e como estava muito quente, ele abriu a janela. Só que começaram a entrar vários pernilongos. Então, ele ligou para a recepção e reclamou.
– Boa tarde, estou com muito calor e com a janela aberta vários mosquitos estão a entrar em meu quarto e a me incomodar.
– Se o Senhor desligar as luzes de seu quarto, eles irão embora.
Ele fez o que ela disse e realmente estes se foram. Depois de um tempinho, começaram a entrar vários vaga-lumes, e então ele tornou a ligar para a recepção reclamando.
E a atendente:
– Mas o que foi agora?
Ele responde:
– Não adiantou. Os mosquitos voltaram com lanterna.