O calmante da dona Berta…

Imagem

A Dona Berta tinha 80 anos.
O médico que a tratara por quase toda a sua vida tinha sido aposentado e fora substituído por outro.
Na primeira consulta o novo médico pediu à Dona Berta a lista dos medicamentos que lhe haviam sido receitados anteriormente.
Quando o jovem médico leu a lista, ficou estupefato.
– Dona Berta, sabe que estas são pílulas anticoncepcionais?
– Sim doutor, elas ajudam-me a dormir.
– Dona Berta, afirmo-lhe que não há absolutamente nada nestas pílulas que façam uma pessoa dormir!
A velhinha deu um sorriso e disse:
– Sim, eu sei, mas todas as manhãs dissolvo uma pílula no suco de laranja que a minha neta de 16 anos toma. Assim durmo todas as noites muito sossegada!

 

PS: Fale Dona Berta 3 vezes bem rápido e veja o que acontece…huahuahua

Orelha ardente…

Imagem

Um velhinho entrou na sala de espera cheia de pacientes de um consultório médico. Quando ele se aproximou da mesa da recepção, a recepcionista disse:

– Bom dia senhor, qual o seu problema?

– Meu problema é no pênis.

A recepcionista falou bem baixinho irritada:

– O senhor não devia dizer uma coisa dessas numa sala de espera tão cheia! Assim causa embaraço aos outros presentes! O senhor devia ter dito que estava com um problema na orelha, por exemplo, e depois falar a verdade ao doutor, lá dentro do consultório.

O homem retirou-se da sala, esperou alguns instantes e depois entrou de novo.

A recepcionista sorriu e perguntou:

– Sim?

– Estou com um problema na minha orelha!

A recepcionista fez um aceno de aprovação e sorriu toda triunfante.

– E qual é o problema da sua orelha?

– Arde muito, quando eu mijo.

Joãozinho, sempre ele…

Imagem

Na aula de noções de medicina, a professora pediu para os alunos trazerem instrumentos utilizados em um hospital.

– Cíntia, o que você trouxe?

– Um bisturi!

– E quem te deu?

– Minha mãe!

– E o que ela falou?

– Falou que serve pra cortar a pele!

– Ah, parabéns!!

– Vinícius, o que você trouxe?

– Uma seringa!

– E quem te deu?

– Meu pai!

– E o que ele falou?

– Falou que serve para aplicar injeção!

– Meus parabéns

– Kiko, o que você trouxe?

– Um termômetro!

– E quem te deu?

– Meu tio!

– E o que ele falou?

– Falou que serve pra medir a temperatura!

– Ótimo!

– E você, Joãozinho, o que é essa bola debaixo do seu braço?

– Isso é um balão de oxigênio!

– E quem te deu?

– Eu peguei da minha vó!

– E o que ela falou?

– Devolve, devolveeee, devol…

Remédio para baixar desejos sexuais…

Imagem

O velhinho entra no consultório médico, brandindo a bengala:

– Doutor, o senhor precisa me dar um remédio pra baixar meus desejos sexuais.

O médico sorri, com paciência:

– Ora, seu Augusto, o senhor bem sabe que a libido está na cabeça das pessoas.

– Pois é, doutor eu gostaria que ela fosse mais para baixo!

A velhinha e os sacos…

Imagem

Uma velhinha caminhava pela calçada arrastando 2 sacos plásticos de lixo.

Uma das sacolas estava rasgada e de vez em quando caía uma nota de 20 dólares caía pelo buraco da sacola.

Um policial que passava a parou e disse:

– Senhora, tem notas de 20 caindo desse saco plástico.

– É mesmo? Que droga! – respondeu a velhinha. Melhor eu voltar e ver se eu pego as que caíram. Obrigado seu guarda por me avisar.

– Pera aí senhora, onde conseguiu todo esse dinheiro? A senhora não andou roubando, não?

– Não, não… Sabe seu guarda, o meu quintal dá para um campo de golfe e um monte de golfistas vem aqui e urinam por um buraco que tem na minha cerca, direto no meu canteiro de flores. Isso realmente me incomodava; matava minhas flores. Então eu pensei: porque não se aproveitar dessa situação? Agora eu fico bem quieta, atrás do buraco na cerca, com a minha tesoura de jardim. Toda vez que algum golfista enfia o “instrumento” através da minha cerca, eu pego ele de surpresa, agarro o instrumento e digo “OK amigão, ou me paga 20 dólares ou eu corto essa coisa”.

– Parece justo =- diz o policial rindo da estória – Ok boa sorte! Mas, a propósito o que tem no outro saco?

– Bem você sabe… – diz a simpática velhinha. É que nem todos pagam!

Problemas de audição…

Imagem

Um velhinho bem carcomido e esclerosado vai ao médico acompanhado de sua caquética senhora. Antes de entrar no consultório ele diz :

– Minha velha, como eu já não escuto direito, você fica atrás da porta escutando o que o médico diz e depois me conta. A velhinha concorda e o vovô entra. Depois de examinar o paciente o doutor diz :

– O problema do senhor é interno, o senhor tem que tomar elixir 950.

O velhote diz:

– Hein? ao que o médico repete:

– O problema do senhor é interno, o senhor tem que tomar elixir 950.

– Fala mais alto meu filho !

– O problema do senhor é interno, o senhor tem que tomar elixir 950.

– Ainda não ouvi meu filho, força nesse pulmão que o vovô aqui é meio surdo.

O médico berrou :

– O problema do senhor é interno, o senhor tem que tomar elixir 950.

O velhote agradeceu e saiu do consultório, se aproximou da esposa e disse:

– Emenengarda, o que o desgraçado do médico falou que eu não escutei nada?

A velhinha disse abatida:

– Ai, Pancrácio, nem queira saber…ele disse que a sua vida é um inferno, você toma chifre desde 1950.