O calmante da dona Berta…

Imagem

A Dona Berta tinha 80 anos.
O médico que a tratara por quase toda a sua vida tinha sido aposentado e fora substituído por outro.
Na primeira consulta o novo médico pediu à Dona Berta a lista dos medicamentos que lhe haviam sido receitados anteriormente.
Quando o jovem médico leu a lista, ficou estupefato.
– Dona Berta, sabe que estas são pílulas anticoncepcionais?
– Sim doutor, elas ajudam-me a dormir.
– Dona Berta, afirmo-lhe que não há absolutamente nada nestas pílulas que façam uma pessoa dormir!
A velhinha deu um sorriso e disse:
– Sim, eu sei, mas todas as manhãs dissolvo uma pílula no suco de laranja que a minha neta de 16 anos toma. Assim durmo todas as noites muito sossegada!

 

PS: Fale Dona Berta 3 vezes bem rápido e veja o que acontece…huahuahua

Muita calma…

Imagem

Entra um senhor desesperado na farmácia e grita:

– Rápido, me dê algo para a diarréia! Urgente!

O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e lhe dá o remédio errado: um remédio para nervos. O senhor, com muita pressa, pega o remédio e vai embora.

Horas depois, chega novamente o senhor que estava com diarréia e o farmacêutico lhe diz:

– Mil desculpas senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, ao invés de algum remédio para diarréia. Como o senhor está se sentindo?

O senhor responde:

– Cagado… Mas tô tranquilo, tranquilo.

Médico fofoqueiro…

Imagem

O mineirim Zé caipira lá de “di traz dos Monte” entrou no consultório e meio sem jeito foi falando:

– Dotô, o trem não sobe mais. Já tomei de tudo quanto há de pranta, mas não sobe mais mêsm.

– Ah não, meu amigo Zé. Vou te passar um medicamento que vai deixar você novo em folha. São cinquenta comprimidos, um por dia.

– Mas dotô, eu sou um homi simples da roça. Só sei contar té dez nos dedo e mais nada uai..

– Então você vai numa papelaria, compra um caderno de cinquenta folhas. Cada folha que você arrancar por dia tome um comprimido. Quando o caderno acabar você já vai estar curado. A receita está aqui.

– Brigado dotô. Vou agora mesmo comprar essi tar di caderno.

E logo que saiu do prédio o Zé Caipira avistou de fato uma papelaria ali perto. Entrou, a moça veio atender.

– Moça, eu precisava de um caderno de cinquenta fôia.

– Brochura? – perguntou a moça

– Médiquim fí da puta… Já telefonô pra espaiá meu pobrema!

Remédio para baixar desejos sexuais…

Imagem

O velhinho entra no consultório médico, brandindo a bengala:

– Doutor, o senhor precisa me dar um remédio pra baixar meus desejos sexuais.

O médico sorri, com paciência:

– Ora, seu Augusto, o senhor bem sabe que a libido está na cabeça das pessoas.

– Pois é, doutor eu gostaria que ela fosse mais para baixo!

Experiência da 3ª idade…

Imagem

Dona Berta tinha 80 anos.
O médico que a tratara por quase toda a sua vida havia se aposentado e fora substituído por outro.
Na consulta seguinte, o novo médico pediu para Dona Berta a lista dos medicamentos que lhe haviam sido receitados.
Quando o jovem médico revisava a lista, engasgou.
– Dona Berta, sabe que estas são PÍLULAS ANTICONCEPCIONAIS?
– Sim doutor, elas me ajudam a dormir.
– Dona Berta, lhe afirmo que não há ABSOLUTAMENTE NADA nestas pílulas que façam uma pessoa dormir!
A velhinha deu um sorriso e disse:
– Sim, eu sei. Mas todas as manhãs dissolvo uma pílula no suco de laranja da minha neta de 16 anos e assim durmo bem todas as noites…